Programa de Reelaboração dos Referenciais Teóricos de Governador Mangabeira

“A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria. “ Paulo Freire

Assim caminhamos para mais um avanço em nossa educação. Este é o momento de toda a comunidade educacional refletir os caminhos didáticos que melhores se adequam a nossa realidade. Pensar o papel do currículo é pensar o papel social e acadêmico da escola, numa perspectiva local, que deve dialogar com seu contexto e as necessidades de uma educação que visa a construção do ser de forma ampla.
Todos somos autores curriculantes e estamos neste papel de refletir e criar um documento que busque mecanismos para escola, em especial a escola pública, planejar novos caminhos de atender a uma sociedade que está em crescente transformação.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Últimas Notícias

Nullam quis risus eget urna mollis ornare vel eu leo. Aenean lacinia bibendum nulla sed