Governador Mangabeira se levanta Contra a Violência às Mulheres

A Secretaria Municipal de Políticas Especiais de Governador Mangabeira, em um esforço conjunto com o departamento de Gênero e o grupo Saber Viver da sede e Portão, realizou na manhã de hoje (07), a I Caminhada pelo fim da violência contra as mulheres. Este evento é parte dos 21 Dias de Ativismo, uma campanha global que começou como 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres em 1991.

Uma Luta Global, Um Movimento Local
O movimento, iniciado por feministas e apoiado pelo Centro de Liderança Global de Mulheres, se estende de 20 de novembro a 10 de dezembro, abrangendo datas significativas como o Dia Mundial de Combate à AIDS e o Dia de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres.

Violência Contra as Mulheres: Um Problema Universal
A violência contra as mulheres é um grave problema social e de saúde pública que transcende etnias, religiões, níveis de escolaridade e classes sociais. É uma clara violação dos direitos humanos e liberdades fundamentais, e precisa ser combatida por todos na sociedade.

Conheça os tipos de Violência Contra a Mulher

Violência Física: Ações que ofendem a integridade ou saúde corporal.
Violência Psicológica: Condutas que causam dano emocional, diminuição da autoestima ou prejudicam o desenvolvimento pessoal.
Violência Sexual: Atos que constrangem a participar de atividades sexuais não desejadas ou limitam direitos sexuais e reprodutivos.
Violência Patrimonial: Condutas que resultam na retenção ou destruição de bens e recursos econômicos.
Violência Moral: Ações que envolvem calúnia, difamação ou injúria.
A caminhada em Governador Mangabeira foi um passo corajoso e necessário. Ela não apenas destacou a necessidade urgente de ação, mas também fortaleceu o compromisso do município em criar um ambiente seguro e respeitoso para todas as mulheres.

Juntos, podemos fazer a diferença. A luta contra a violência às mulheres é uma responsabilidade de todos.

Últimas Notícias

Nullam quis risus eget urna mollis ornare vel eu leo. Aenean lacinia bibendum nulla sed 

Pular para o conteúdo