Governador Mangabeira se classifica em segundo lugar no Prêmio Brasil Sorridente – Bahia

Na última quinta-feira (7), mais um resultado positivo da atenção à saúde dada pelo Governo da Mudança foi alcançado. O município se classificou em segundo lugar no Prêmio Brasil Sorridente – Bahia. A premiação, oferecida pelo Conselho Regional de Odontologia da Bahia (CRO-BA), avalia a qualidade da implementação da saúde bucal nos municípios, medindo índices como qualidade do atendimento, oferta de serviços e disponibilidade de materiais e equipamentos, entre outros.
Governador Mangabeira concorreu na categoria dos municípios baianos com até 50 mil habitantes, ficando entre os mais bem avaliados.

O secretário de Saúde, Tiago Mendonça, que foi até a sede do Conselho, em Salvador, para receber o prêmio, lembrou que, no inicio da gestão, a saúde bucal do município funcionava de forma precária. “Pegamos um município com déficit de dentistas nas Unidades de Saúde da Família (USF), porque não tinham profissionais suficientes para atender a todas as unidades. O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) estava completamente desmontado e não funcionava como deveria”, explicou.

Hoje, todos as nove USFs contam com equipe própria e todos os equipamentos e materiais necessários para que os atendimentos e procedimentos odontológicos possam ocorrer da melhor forma possível. Já o CEO, foi reestruturado e agora conta com uma equipe de especialistas pronta para receber os casos mais complexos, finalmente podendo funcionar de maneira plena. Para o secretário, os bons resultados da saúde bucal no município se devem a este trabalho de reestruturação. “Com muito esforço e dedicação, a saúde bucal de Governador Mangabeira avançou rápido e, em menos de um ano, já conseguimos ser o segundo colocado na Bahia”, comemorou.

Por Simone Santos – AGECOM//Governador Mangabeira

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Últimas Notícias

Nullam quis risus eget urna mollis ornare vel eu leo. Aenean lacinia bibendum nulla sed